Internet matará a televisão

agosto 28, 2009 at 6:06 pm Deixe um comentário

Calma! Quem disse isso não fui eu e sim o criador do Youtube, Chad Hurley.

https://i1.wp.com/www.washingtonwatch.com/blog/wp-content/uploads/2009/02/old-tv.jpgPela primeira vez no Brasil para participar do Digital Age 2.0, evento que discute novos caminhos para a internet, Hurley disse que “a idéia de transmissão ao vivo está morta. Claro que no futuro ainda teremos a experiência de ver TV, talvez em eventos ao vivo. Mas a idéia de uma família sentada no sofá, às 20h, esperando um programa, não vai mais existir”.

Eu tendo a concordar com ele. Já vemos agora um avalanche de filmes e seriados sendo baixados por internautas e eu acredito que isso reflete muito esse contraste do modelo de televisão anos 50 e as novas tecnologias. Quando alguém baixa um seriado, além de não ter que esperar a série passar na TV a Cabo (que as vezes demora mais de 6 meses e ainda é dublado!) ela busca comodidade. Quando digo comodidade é, “Eu vejo isso a hora que eu quiser e como eu quiser”. Muitas vezes estamos vendo algo e outra coisa chama a atenção, então eu pauso e volto a ver apenas quando for conveniente para mim. É ai que a televisão fica obsoleta.

Mas eu complementaria a frase de Hurley, “A internet matará a televisão como a conhecemos hoje”. Eu acredito que quando  a televisão conseguir prover autonomia para que a audiência escolha ver o  conteúdo no momento em que for mais conveniente ela irá recuperar o fôlego. Mas a TV não será mais a mesma ela será um TV 2.0 (desculpem o clichê). O VOD será o novo formato de conteúdo audiovisual massificado eu creio. Na Europa ele já vem ganhando folego e o mais interessante é que ele funciona como uma mescla de computador com TV.

Explicando de maneira bem grosseira, quando você liga a TV ela se conecta a um servidor, e você escolhe o que quer ver. Porém com uma imagem boa e não aquelas do Youtube ou filmes baixados. Mas ai que está o problema, a capacidade de rede para streaming desses vídeos tem que ser alta para não dar “gargalo”. Teve um cliente que estava em fase de testes aqui no Brasil, e ele disse que a conexão mínima era de 3 MB para conseguir assistir VOD. Ou seja bem distante da realidade brasileira. Mas eu creio que um dia isso vai ganha escala e esse novo modelo de TV conseguirá atrair atenção da audiência. Abaixo deixo vídeos que explicam o VOD. É bem interessante e tem formatos publicitários bem diferentes. Mas vou deixar isso para outro post…

Entry filed under: Digital. Tags: , , , , , , .

Qual a mídia do futuro? Todas O futuro será de graça

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias


%d blogueiros gostam disto: